HOME

/

Espetáculos / Frei Luís de Sousa

Frei Luís de Sousa

Frei Luís de Sousa

de Almeida Garrett

Este drama histórico que tem como base um drama amoroso, respeita todas as regras românticas e há quem afirme ser uma tragédia romântica com componentes de drama romântico. Ao tentarmos classificar este texto percebemos a sua complexidade, pois este é o único drama português, que tem como base um conflito amoroso e que partiu de um facto histórico.

 

Existem tantas teorias e tão diversas interpretações sobre este texto que sentimo-nos perante uma obra enigmática e imponente. Alguns estudos colocam Telmo como alter-ego de Almeida Garrett. Todos os conflitos morais desta personagem podem encontrar correspondência na biografia do autor. O - quem és tu? – Ninguém. De D. João de Portugal corresponde exatamente à mesma resposta que Ulisses dá dentro da gruta a uma idêntica pergunta de Ciclope. O mito tão Português de D. Sebastião retratado na obra, encontra também uma espécie de réplica na figura de D. João de Portugal, que acaba mesmo por regressar. Estes e muitos outros elementos enigmáticos juntam-se nesta obra criando uma espécie de Mona Lisa teatral. Uma obra dramática cheia de enigmas.

 

Assim, propusemo-nos a reinterpretar esta obra dando ênfase aos seus segredos, valorizando as citações de outras obras também, mas sobretudo preocupados em chegar ao nosso público maioritariamente estudantil. Para tal, desenhámos uma cena mágica, onde tanto os quadros parecem vivos, como os medos imaginários podem aparecer e desaparecer como espectros Shakespearianos. 

 

Tentámos contrapor a densidade das emoções de caráter trágico das personagens, com um universo exterior fantástico, e visualmente atrativo, de forma a manter o espetador atento e, se possível, fascinado. Encontrando assim um espaço físico onde a beleza do texto tem espaço para se fazer ouvir.
 

Duração: 75Min   
Faixa Etária: M/12 
Representações: Lisboa, Porto e Braga

 

 

FICHA TÉCNICA

-

De: Almeida Garrett 
Com: Carina Paquete, Carlos Paiva, Cátia Marinho, Eduardo Ribeiro, João Cruz e Tiago d'Almeida 
Luz/Som: Gonçalo Oliveira
Adereços/Cenografia: Bruno Cunha, Carlos Paiva
Figurinos: Bruno Cunha, Patrícia Roque
Mestra: Eduarda Mendes
Produção Executiva: Patrícia Roque
Encenação: Bruno Cunha

 

AGRADECIMENTOS:

-

Sonic State - Produções Musicais, Lda

 

 

Fotografias pelos Alunos de Fotografia da Turma 2015/2016 da Escola Profissional Magestil

Frei Luís de Sousa
"Este espetáculo, encenado pela Arte D'Encantar é uma obra que comove, questiona e faz pensar na coerência de alguns valores sociais, principalmente os da família. Um trabalho bem conseguido para esta geração de jovens." Prof.ª Virgínia Ribeiro, Escola Secundária Joaquim de Araújo

"Muito bom! O melhor que já vi! Os atores cativaram o público." Prof.ª Ana Saraiva, Escola Secundária de Esmoriz